Filmes

Assistimos | Baby Driver (Em Ritmo De Fuga)

Baby Driver prova de uma vez por todas que mesmo em 2017 existem bons filmes sem uma tonelada de efeitos e acima de tudo, a importância de uma boa trilha sonora.

Tudo começa com uma cena de perseguição que te faz grudar na cadeira e ao mesmo tempo bater o pé no ritmo da música, e assim, vai pelo filme todo.

Escrito e dirigido por Edgar Wright (Shaun of The Dead, Hot Fuzz, Scott Pilgrim), Baby Driver ou Em Ritmo de Fuga, por aqui no Brasil, conta a história de um jovem motorista que trabalha como “piloto de fuga” de assaltos. Ele acaba se envolvendo nesse mundo dos crimes por conta de Doc, o chefe do crime que é vivido pelo grande ator,  Kevin Spacey. Um chefão simpático e impiedoso mas ao mesmo tempo seguro de si.

O filme desenvolve uma trama muito agil, com poucos flashbacks e explicações dos personagens, mas cada um tem suas características e motivações muito bem definidas durante o filme. Todos os personagens tem seus momentos e espaço no filme, porém, como uma característica marcante de Edgar Wright, Baby, o personagem de Ansel Elgort está em todas as cenas. Você vê toda a história praticamente pelos olhos dele.

Edgar Wright diz que a elaboração do filme aconteceu junto com a escolha da trilha sonora, cada cena é pensada de acordo com a música e você consegue ver isso claramente no filme, com seus planos sequências de tirar o fôlego onde cada batida música significa algo que está acontecendo ali na tela.

O personagem de Jamie Foxx também é um grande destaque do filme, Bats, é o típico criminoso bad boy inconsequente que está o tempo todo nervoso e brigando com todos já o casal Buddy e Darling, vividos pelos atores Jon Hamm e Eiza González parecem estar ali apenas para ganhar uma grana e fugir disso tudo.

O filme tem um roteiro simples se pensarmos de uma maneira geral, mas não se engane, o filme tem detalhes que vão muito além disso. Edgar Wright é bem conhecido por isso né? Por ser cuidadoso em cada escolha , veja por exemplo Shaun of The Dead e Scott Pilgrim que são filmes praticamente impecáveis nos detalhes.

As muitas sequências de ação incríveis tem seu propósito claro e objetivo, chega a ser incrível que todas as cenas apesar de serem gravadas em altíssimas velocidades são takes contínuos e muito bem pensados. Ele disse durante a coletiva que um dos seus editores do filme, ficava no set de filmagens praticamente o filme todo, para que ele entendesse cada corte e como cada música era importante para aquela cena.

Outro grande destaque é o encontro de Baby com Debora, vivida pela carismática Lily James, que mais parece que saiu direto de um filme dos anos 70 direto para as telas do cinema. Com pequenos detalhes e nuances você entende o romance deles de uma forma pura no qual acaba torcendo para que fiquem juntos e dê tudo certo.

Baby Driver é um filme para ser visto mais de uma vez, ele te gruda na cadeira e muitas vezes você se vê tão envolvido naquilo que apenas não quer que acabe. Com muitas reviravoltas que realmente te surpreendem, cheio de pequenos detalhes, muitas vezes suaves, que com certeza fazem ser um dos grandes filmes destaques de 2017.

Em Ritmo de Fuga, estreia nessa quinta, 27/07 em todas dos cinemas com cópias dubladas e legendas. Compre uma pipoca e vá preparado para se envolver muito, cada centavo gasto será muito bem recompensado com essa obra de arte dos tempos modernos, Edgar Wright se superou.

A DinoTV foi convidada pela Sony Pictures gentilmente para participar de uma coletiva de imprensa, onde pudemos entender e conhecer melhor o diretor Edgar Wright e o ator principal, Ansel Elgort. Foi uma experiência incrível.


Créditos da foto: Instagram Sony Pictures Brasil

Assistimos | Baby Driver (Em Ritmo De Fuga)
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

To Top